Chozas Carrascal, um legítimo Vino de Pago

30/08/2017

Os vinhos de Chozas Carrascal, produzidos na simpática região de Utiel-Requena, próxima à Valência, na Espanha pertencem à nobre categoria de vinhos espanhóis, os chamados Vinos de Pago. Vamos entender a razão disso...

 

Em 2003 a Espanha fez mudanças em sua legislação vinícola e criou uma nova classificação, denominada Vino de Pago DO. De forma inusitada e criativa, quis o país premiar seus melhores produtores, dando a eles um destaque merecido dentro de seu panorama vitivinícola.

Não é fácil conseguir essa classificação, uma vez que as exigências são muito rigorosas e estritas, como se verá a seguir. Um Vino de Pago DO pode ser um único vinho de um produtor ou toda sua linha de produção, dependendo do entendimento do Conselho Regulador das Denominações de Origem. 

Para ser considerado um Vino de Pago DO a região onde o vinho é produzido deve ter características diferenciadas de clima e solo; 100% das uvas deverão ser cultivadas na área delimitada como Pago (que na Espanha significa uma propriedade); deverá haver uma vinícola exclusiva, situada dentro da área delimitada, para a produção do vinho, ou dos vinhos, classificados como Vino de Pago; a produção, o amadurecimento do vinho deverão ser realizados na área e finalmente haverá um rígido controle de qualidade.

E foi exatamente o caminho percorrido por Chozas Carrascal para obter tão significativo título, Vino de Pago DO

Em San Antonio de Requena, nasce uma vinícola familiar

Fundada em 1992, a Chozas Carrascal nasceu do sonho do casal Julián López e Maria José López em criar um projeto ambicioso de vinícola, em Utiel-Requena, próximo à Valência e local de produção de excelentes vinhos e espumantes (Cava).

Hoje a propriedade tem 35 hectares plantados e uma moderna vinícola, cuja ampliação foi iniciada em 2013, com plena capacidade para produzir vinhos e espumantes. 

Várias são as conquistas de Chozas Carrascal, em tão pouco tempo de existência e entre elas vale destacar: em 2006 a primeira elaboração de Cava, em 2010 a certificação ecológica do vinhedo e em 2012 a importante elevação à categoria de Vino de Pago DO.

Vinhos modernos e uma varietal histórica, a Bobal

Mesmo estando na área da histórica varietal Bobal, a Chozas Carrascal optou, desde o início, pelo caminho mais difícil, buscando produzir vinhos originais e muito criativos, mesclando uvas espanholas (Bobal, Monastrell, Garnacha, Tempranillo e Macabeu) com uvas francesas (Syrah, Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Merlot e Sauvignon Blanc), nos estilos tinto, rosado e branco. 

Seus vinhos recebem nomes curiosos como Las Ocho (elaborado com 8 uvas), Las Cuatro, Las Três, Las 2 Ces, além dos fantásticos Cavas Roxanne e Chozas Carrascal.

Merece destaque especial o El Cabernet de Chozas Carrascal, um puro Cabernet Franc de elite, amadurecido em barricas novas de carvalho francês e considerado pelo reputado Guia Peñin, o mais importante da Espanha, como o Melhor Cabernet Franc do país, sempre com notas muito elevadas, mais que merecidas, diga-se de passagem.

A Família Lopez também elabora um delicioso vinho doce na França, o Domaine Perna Batut Le Muscat, na denominação de origem Saint Jean de Minervois, no Languedoc-Roussillon, no sul do pais. Trata-se de um dos mais tradicionais vinhos da região, de grande prestígio internacional.

Por ter representação exclusiva e oficial no Brasil, os vinhos da Chozas Carrascal podem ser encontrados nas melhores lojas multimarcas, empórios e delicatessens de São Paulo. 

Para maiores informações sobre onde comprar ligue para Chozas Carrascal Brasil, fone (11) 2909-0884


 


Ver outros Artigos e Reportagens
Arthur Azevedo Diretor da Associação Brasileira de Sommeliers (ABS-SP) , editor da revista Wine Style (2005/2011), jornalista especializado em vinhos, palestrante, consultor da Artwine, membro de confrarias internacionais.
Arthur Azevedo

Fotos

4

Conteúdo RSS

Visualizar Conteúdo RSS Artwine

Newsletter

Receba nossas novidades por e-mail Cadastrar
2017 Artwine - Todos os direitos reservados