Revelados os 12 Primeiros Cava del Paraje Calificado

21/08/2017

Já há os doze primeiros locais da nova classificação de vinhedo único (single vineyard) "Cava de Paraje", proposta inicialmente pelo Conselho Regulador do Cava em maio de 2015. Font de Jui, da Xavier Gramona, é um dos 12 Cavas na nova classificação.



O Ministério de Agricultura, Pesca, Alimentação e Ambiente da Espanha anunciou, na semana passada, a lista dos primeiros locais aprovados para a nova classificação, pertencentes a alguns dos maiores produtores de Cava da Espanha.

A lista de produtores e de propriedades aprovadas inclui:

 1) Torelló (Vinyes de Can Martí), 
2, 3) Recaredo (Turó d’en Mota and Serral del Vell), 
4) Alta Alella (Vallcirera), 
5) Juvé i Camps (La Capella), 
6) Freixenet (Can Sala), 
7,8,9) Codorníu (La Pleta, El Tros Nou and La Fideuera), 
10) Vins el Cep (Can Prats), 
11) Gramona (Font de Jui), 
12) Castellroig (Terroja).

Os novos Cavas, que vão constituir a faixa ultra-premium da tradicional categoria de espumantes espanhóis,  vão levar a expressão "Cava de Paraje Calificado"e o nome da propriedade no rótulo frontal.

Para poder concorrer à classificação de single vineyard, as uvas devem ser colhidas à mão em videiras com idade mínima de 10 anos, com produção máxima de 8.000 kg por hectare. 

A fermentação precisa ser realizada na propriedade, com rendimento máximo de 48 hectolitros por hectare. O vinho base inicial deve ser fermentado em garrafa por um período mínimo de 36 meses, e só pode ser produzido com o teor de açúcar "Brut".


A classificação Cava de Paraje foi revelada oficialmente em junho passado em Barcelona, pouco após um ano depois de seu anúncio oficial pelo Conselho Regulador do Cava. (leia o artigo sobre esse assunto aqui no site)

Em conversa recente com o site the drink business, Pere Bonet, presidente do Conselho Regulador do Cava, disse que a nova classificação "Cava de Paraje Calificado" foi uma ferramenta importante para melhorar a imagem global do Cava,esperando-se que tenha um efeito que se estenda à categoria de Cavas premium em geral, responsável por cerca de 15% da produção de Cava.

"A classificação posiciona e aumenta a percepção do Cava no alto da pirâmide de qualidade de vinhos espumantes, motivando produtores fundamentados no terroir que atendem às condições especiais exigidas para se classificarem com Cava de single estate e atingirem esse nível máximo de proteção no futuro", disse.

A classificação une-se às 90 Denominações de Origem e 41 Indicações Geográficas Protegidas de vinhos espalhados pelo país.

Falando durante o lançamento, a ministra espanhola da Agricultura, Pesca, Alimentação e Ambiente, Isabel García Tejerina, lembrou que o vinho foi um dos produtos mais importantes na feira agroalimentícia do país, com exportações mais e mais provenientes dos produtos de maior qualidade.


Isso se refletiu no aumento gradual do número de vinhos espanhóis com designação de Denominação de Origem, disse, com o Cava liderando o volume de exportações espanholas dessa categoria de produtos.

A região do Cava abrange 159 municípios da Catalunha, mas quase 95% de todos os Cavas produzidos saem da região de Penedès, com a maioria das casas produtoras baseada no município de Sant Sadurní d’Anoia.

O volume de Cavas exportados atingiu 245 milhões de garrafas em 2016, segundo os números mais recentes do conselho regulador do Cava, o DO Cava, um aumento de 0,42% sobre o ano anterior.

Ver outros Artigos e Reportagens
2019 Artwine - Todos os direitos reservados